O processo de modernização da rede de iluminação pública avança com a publicação dos consórcios de empresas que estão habilitados a participar da PPP (Parceria Público-Privada), promovida pela Prefeitura de Hortolândia. Nesta quarta-feira (25/09), o município publicou no Diário Oficial os dois consórcios aptos a prosseguir na concorrência para assumir os serviços de monitoramento inteligente, expansão, operação e manutenção dos cerca de 22 mil pontos de iluminação pública da cidade. As ações de modernização da rede de iluminação pública garantirão eficiência energética e economia aos cofres públicos.

A PPP é um contrato administrativo de concessão, firmado entre o Poder Público, no caso a Prefeitura de Hortolândia, e a iniciativa privada, ou seja, o consórcio vencedor da licitação. Com a medida, a Secretaria de Planejamento Urbano e Gestão Estratégica estima que a Prefeitura reduza em até 50% os custos com iluminação pública. Isso porque uma das ações deste consórcio será a troca de todas as lâmpadas de vapor de sódio por luminárias de LED, que iluminam mais e consomem menos energia elétrica. A meta do prefeito Angelo Perugini é que, até o final de 2020, todos os 22 mil pontos de iluminação seja de LED. “As lâmpadas de vapor de sódio da cidade são antigas, não correspondem à atual demanda de iluminação. As lâmpadas de LED representam maior luminosidade com economia para o município e, consequentemente, mais segurança para as pessoas já que no período da noite as ruas estarão melhor iluminadas”, informa o secretário de Planejamento Urbano e Gestão Estratégica, Carlos Roberto Prataviera Júnior Prataviera Júnior.

Outra ação importante a ser implementada pela PPP é o monitoramento inteligente da rede de iluminação pública, ou telegestão. Este é um dos passos para implantar em Hortolândia o conceito de smart city (cidade inteligente). Por meio de transmissores de dados em cada luminária, este sistema possibilitará, por exemplo, reduzir o nível de luminosidade das lâmpadas nos horários em que há menos fluxo de pessoas nas avenidas e parques, colaborando para a economia de energia. Além disso, será possível monitorar falhas, como lâmpadas queimadas, o que garantirá manutenção mais rápida.

“Garantir uma cidade mais iluminada gera impactos positivos no trânsito, na segurança pública e também na ocupação dos espaços no período noturno. Com a implantação das ações previstas na PPP, a população terá a oportunidade de utilizar parques e praças bem iluminados, além de ruas e avenidas com melhores condições de tráfego à noite”, destaca o prefeito Angelo Perugini.

PIC

A PPP da iluminação pública faz parte do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento) implantado pelo prefeito para incentivar o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos. O programa prevê mais de 100 obras e serviços, em diversas áreas. Para estas invenções, o município conta com apoio de recursos da iniciativa privada e dos governos estadual e federal, sendo que a principal fonte de recursos é um financiamento junto ao banco internacional CAF.

Cidade iluminada

Também está em andamento uma licitação para contratar empresa responsável pelo projeto de iluminação nas novas avenidas que surgirão com as obras do PIC, ação que colaborará para tornar a cidade mais segura. Conforme as obras viárias forem concluídas, a Administração Municipal inicia o projeto de iluminação. Os locais contemplados com a nova iluminação são: a Avenida São Francisco de Assis; a ponte de ligação do Jd. Novo Cambuí com o Parque Gabriel; a avenida José Augusto de Araujo (Novo Estrela); a ponte do Jd. São Sebastião; o trecho viário de ligação do Jd. Nova Alvorada até o Jd. Santa Clara do Lago II; a avenida Olívio Franceschini (trecho próximo ao Condomínio Residencial Jd. de Mônaco); a rotatória do Hospital Mário Covas; a avenida Panaíno; e a avenida da Emancipação (trecho próximo ao Good Bom).

Em um outro contrato já em andamento, a Prefeitura implantou nova iluminação de LED no Parque Socioambiental Lago da Fé (Jd. Nova Alvorada); no trecho já concluído do Corredor Metropolitano, que inclui a avenida Olívio Franceschini, a Ponte da Esperança (Estaiada) e a avenida Antônio da Costa Santos (Jd. Novo Ângulo e Jd. Nova América); além do entorno da lagoa do Jardim Amanda, local onde o serviço segue em execução.

Fonte: Prefeitura de Hortolândia

 

fonte: https://noticiasdehortolandia.com.br/cidade/prefeitura-da-mais-um-passo-para-modernizacao-da-rede-de-iluminacao-publica/